quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

A origem da prática do Jejum

Em Marcos 2. 18-22 vemos um debate a respeito do jejum instigado pelos discípulos de João Batista e pelos fariseus onde Jesus expressa alguns esclarecimentos a respeito. Claro que esta não é uma primeira palavra, pois Jesus já havia abordado o assunto no Sermão da Montanha, mas há grande importância aqui no que tange a abordagem ritualística do tema.
Antes de entender o jejum como um ritual religioso é preciso entender sua origem e suas motivações, não irei buscar distante notas do assunto, antes me fixarei apenas no relato Bíblico. É importante que fique claro que o jejum não é uma exclusividade judaico-cristã, pois podem-se observar manifestações em outras culturas e religiões.
- As duas vias do jejum:
Dentro da cultura judaico-cristã a prática do jejum embrenhou-se por dois caminhos, ainda que algumas vezes não pareçam distintos, são bem definidos. Um é o caminho da prática ritualístico-legalista, via dos que entendem que religiosidade resume-se em práticas religiosas visíveis, fato condenado por Jesus em Mateus 6. 17ss, e por Paulo em Gálatas 4. 9-11.
Outro caminho é o da auto-disciplina espiritual, ou seja, é questão de abster-se com fins específicos, para a prática de atividades maiores, prioritárias, que exijam concentração de corpo e alma, como descrito por Paulo em 1 Coríntios 9. 24-27.
- Quando o jejum foi instituído:
Biblicamente o jejum foi instituído como prática nacional, um dia especial de oração, contrição, arrependimento e confissão de pecados, e meditação na grandeza da misericórdia do Senhor. É o Iom Kupur, ou Dia do Perdão, até hoje observado pelos judeus. Sua origem encontra-se em Levítico 16. 29-31 e textos relacionados.
- O primeiro a jejuar:
Lembrando que mantenho-me preso ao relato bíblico, a informação que temos como o primeiro a praticar o jejum encontra-se em Êxodo 34. 38, quando Moisés ficou quarenta dias e quarenta noites sem se alimentar no monte Sinai. É claro que há momentos que podemos presumir que alguns personagens bíblicos haveriam jejuado, como Abraão a caminho do monte Moriá, ou Ló em fuga de Sodoma, mas como relato direto Moisés teria sido o primeiro a jejuar.
- Razões motivadoras do jejum na antiguidade:
A primeira motivação que podemos enumerar é a busca pela santificação, ou o incentivo a ela. Os textos que regulam o Dia do perdão nos indicam com clareza esta prática antiga, da abstenção relacionada à busca da santificação do corpo e da alma.
A segunda motivação antiga é a dedicação exclusiva a Deus. Como Moisés no monte em seus quarenta dias, não exatamente de abstenção, mas de dedicação total a Deus em função da grandeza da obra que estava sendo colocada sobre seus ombros.
A terceira e bastante comum é abstinência motivada pela tristeza ou contrição. Acontecia quando um fato marcava a comunidade ou a pessoa e podiam ser, até mesmo convocados ou proclamados, para que se expressasse uma manifestação de lamento público (Jz 20. 26; 1 sm 20. 34; 1 Sm 31. 13).
É claro que hoje os diversos grupos cristãos existentes praticam o jejum das mais variadas formas e com múltiplas motivações, mas em sua origem bíblica eram estas as razões para a sua pratica, a santificação, a dedicação a Deus e o lamento, ou tristeza. No próximo texto abordaremos as motivações erradas para a prática deste e o que Deus espera que nos motive à prática do jejum.

Pastor Tito Mendes

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Manda Quem Pode, Eu Obedeço.

Conta-se a história de um menino que guardava o portão de acesso da propriedade de seu pai, quando Napoleão se aproximou com seus homens e queria cruzar aquela propriedade, porém, o menino o impedia.

Zangado, o Imperador gritou com ele:

“Menino, eu sou Napoleão Bonaparte, o Imperador. Abra este portão!”.

Muito educado, o menino tirou o chapéu, e perguntou? “O senhor vai querer que eu desobedeça meu pai? Este portão está fechado, aqui ninguém passa, conforme meu pai determinou!”.

Napoleão virou-se para seus generais e disse: “Dêem-me mil homens como este, e conquistarei o mundo todo”, e foi-se por outro caminho (www.ositedopregador.com.br).

Vivemos dias de desobediência, de arbitrariedade e de descrédito de autoridades. Fico pensando como pode ser desse jeito? Por que o homem torna-se a cada dia mais rebelde?

Como nos ensina a história acima, obediência começa no lar com a orientação e o exemplo dos pais. É lamentável que os pais de nossos dias não tenham tempo para ensinar a obediência e tem deixado essa tarefa para os professores dos maternais, jardins e CA. E, quando ensinam alguma coisa é da seguinte forma: “faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço”.

Provérbios 22. 6 traz um valoroso ensinamento aos pais: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." Não é uma recomendação ou conselho, é uma ordem, leia Deuteronômio 6. 5-7, veja que o amor a Deus está relacionado à obediência, e também ao ensino dela.

Eu obedeço a Deus, porque ele é o Único que pode me dar, não o que eu quero, mas o que necessito.

Eu obedeço a meus pais, porque eles foram responsáveis para que eu me tornasse hoje um homem digno e honesto, e também e principalmente porque também é mandamento Divino.

Eu obedeço a líderes seculares, patrões e chefes, para que em minha obediência possa ser exemplo e testemunho, também porque suas autoridades foram colocadas por Deus (Romanos 13. 1-5).

Obediência significa fidelidade e fidelidade implica em recompensa, "E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor”.(Mateus 25 : 21).

Por isso, manda quem pode e eu obedeço.

 

Pastor Tito (Pastoral da PIB em Floresta da Barra da Tijuca em 14/02/2009).

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Textos Complementares sobre o Jejum

Ainda faltafam três textos a respeito do jejum bíblico, seguem abaixo:
Êxodo 34. 28 – E esteve ali com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos.
Mateus 9
14 Então, chegaram ao pé dele os discípulos de João, dizendo: Por que jejuamos nós e os fariseus muitas vezes, e os teus discípulos não jejuam?
15 E disse-lhes Jesus: Podem porventura andar tristes os filhos das bodas, enquanto o esposo está com eles? Dias, porém, virão, em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão.
Lucas 4. 2 – E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome.
Logo estarei postando as mensagens que tenho pregado sobre o jejum bíblico, que estes textos e as mensagens que seguirão possam abençoar a sua vida.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Textos Sobre o Jejum Bíblico

Prometi postar aqui os textos bíblicos que falam a respeito do jejum, creio que aqui estão todos os textos bíblicos a respeito deste assunto no Velho e no Novo Testamento, caso você encontre algum que não esteja relacionado abaixo me escreva (tito66mendes@gmail.com):

Levítico 16:29 - "E isto vos será por estatuto perpétuo: no sétimo mês, aos dez do mês, afligireis as vossas almas, e nenhum trabalho fareis nem o natural nem o estrangeiro que peregrina entre vós." 

Levítico 16:31 - "É um sábado de descanso para vós, e afligireis as vossas almas; isto é estatuto perpétuo." 

Levítico 23:27 - "Mas aos dez dias desse sétimo mês será o dia da expiação; tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; e oferecereis oferta queimada ao SENHOR." 

Levítico 23:29 - "Porque toda a alma, que naquele mesmo dia se não afligir, será extirpada do seu povo." 

Levítico 23:32 - "Sábado de descanso vos será; então afligireis as vossas almas; aos nove do mês à tarde, de uma tarde a outra tarde, celebrareis o vosso sábado." 

Números 29:7 - "E no dia dez deste sétimo mês tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; nenhum trabalho fareis." 

Juízes 20:26 : Então todos os filhos de Israel, e todo o povo, subiram, e vieram a Betel e choraram, e estiveram ali perante o SENHOR, e jejuaram aquele dia até à tarde; e ofereceram holocaustos e ofertas pacíficas perante o SENHOR.

I Samuel 31:13 : E tomaram os seus ossos, e os sepultaram debaixo de um arvoredo, em Jabes, e jejuaram sete dias.

I Samuel 7:6 : E congregaram-se em Mizpá, e tiraram água, e a derramaram perante o SENHOR, e jejuaram aquele dia, e disseram ali: Pecamos contra o SENHOR. E julgava Samuel os filhos de Israel em Mizpá.

II Samuel 1:12 : E prantearam, e choraram, e jejuaram até à tarde por Saul, e por Jônatas, seu filho, e pelo povo do SENHOR, e pela casa de Israel, porque tinham caído à espada.

II Samuel 12 : 16 - "E buscou Davi a Deus pela criança; e jejuou Davi, e entrou, e passou a noite prostrado sobre a terra." 

II Samuel 12:18 - "E sucedeu que ao sétimo dia morreu a criança; e temiam os servos de Davi dizer-lhe que a criança estava morta, porque diziam: Eis que, sendo a criança ainda viva, lhe falávamos, porém não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança está morta? Porque mais lhe afligiria." 

II Samuel 12:21 : E disseram-lhe seus servos: Que é isto que fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém depois que morreu a criança te levantaste e comeste pão.

II Samuel 12:23 : Porém, agora que está morta, porque jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.

I Reis 21:9 : E escreveu nas cartas, dizendo: Apregoai um jejum, e ponde Nabote diante do povo.

I Reis 21:12 : Apregoaram um jejum, e puseram a Nabote diante do povo.

I Reis 21:27 - "Sucedeu, pois, que Acabe, ouvindo estas palavras, rasgou as suas vestes, e cobriu a sua carne de saco, e jejuou; e jazia em saco, e andava mansamente." 

I Crônicas 10:12 : Então todos os homens valorosos se levantaram, e tomaram o corpo de Saul, e os corpos de seus filhos, e os trouxeram a Jabes; e sepultaram os seus ossos debaixo de um carvalho em Jabes, e jejuaram sete dias.

II Crônicas 20:3 : Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o SENHOR, e apregoou jejum em todo o Judá.

Esdras 8:21 : Então apregoei ali um jejum junto ao rio Aava, para nos humilharmos diante da face de nosso Deus, para lhe pedirmos caminho seguro para nós, para nossos filhos e para todos os nossos bens.

Esdras 8:23 : Nós, pois, jejuamos, e pedimos isto ao nosso Deus, e moveu-se pelas nossas orações.

Neemias 1:4 : E sucedeu que, ouvindo eu estas palavras, assentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus.

Neemias 9:1 : E, NO dia vinte e quatro deste mês, ajuntaram-se os filhos de Israel com jejum e com sacos, e traziam terra sobre si.

Ester 4:3 : E em todas as províncias aonde a palavra do rei e a sua lei chegava, havia entre os judeus grande luto, com jejum, e choro, e lamentação; e muitos estavam deitados em saco e em cinza.

Ester 4:16 : Vai, ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de dia nem de noite, e eu e as minhas servas também assim jejuaremos. E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se perecer, pereci.

Ester 9:31 : Para confirmarem estes dias de Purim nos seus tempos determinados, como Mardoqueu, o judeu, e a rainha Ester lhes tinham estabelecido, e como eles mesmos já o tinham estabelecido sobre si e sobre a sua descendência, acerca do jejum e do seu clamor.

Salmos 35:13 : Mas, quanto a mim, quando estavam enfermos, as minhas vestes eram o saco; humilhava a minha alma com o jejum, e a minha oração voltava para o meu seio.

Salmos 38:18 - "Porque eu declararei a minha iniqüidade; afligir-me-ei por causa do meu pecado." 

Salmos 69:10 : Quando chorei, e castiguei com jejum a minha alma, isto se me tornou em afrontas.

Salmos 109:24 : De jejuar estão enfraquecidos os meus joelhos, e a minha carne emagrece.

Isaías 58:3 : Dizendo: Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso? Por que afligimos as nossas almas, e tu não o sabes? Eis que no dia em que jejuais achais o vosso próprio contentamento, e requereis todo o vosso trabalho.

Isaías 58:4 : Eis que para contendas e debates jejuais, e para ferirdes com punho iníquo; não jejueis como hoje, para fazer ouvir a vossa voz no alto.

Isaías 58:5 : Seria este o jejum que eu escolheria, que o homem um dia aflija a sua alma, que incline a sua cabeça como o junco, e estenda debaixo de si saco e cinza? Chamarias tu a isto jejum e dia aprazível ao SENHOR?

Isaías 58:6 : Porventura não é este o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo e que deixes livres os oprimidos, e despedaces todo o jugo?

Jeremias 14:12 : Quando jejuarem, não ouvirei o seu clamor, e quando oferecerem holocaustos e ofertas de alimentos, não me agradarei deles; antes eu os consumirei pela espada, e pela fome e pela peste.

Jeremias 36:6 : Entra, pois, tu, e pelo rolo que escreveste da minha boca, lê as palavras do SENHOR aos ouvidos do povo, na casa do SENHOR, no dia de jejum; e também, aos ouvidos de todos os de Judá, que vêm das suas cidades, as lerás.

Jeremias 36:9 : E aconteceu, no quinto ano de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, no mês nono, que apregoaram jejum diante do SENHOR a todo o povo em Jerusalém, como também a todo o povo que vinha das cidades de Judá a Jerusalém.

Daniel 6:18 : Então o rei se dirigiu para o seu palácio, e passou a noite em jejum, e não deixou trazer à sua presença instrumentos de música; e fugiu dele o sono.

Daniel 9:3 : E eu dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, e saco e cinza.

Joel 1:14 : Santificai um jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, e todos os moradores desta terra, na casa do SENHOR vosso Deus, e clamai ao SENHOR.

Joel 2:15 : Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembléia solene.

Jonas 3:5 : E os homens de Nínive creram em Deus; e proclamaram um jejum, e vestiram-se de saco, desde o maior até ao menor.

Zacarias 7:5 : Fala a todo o povo desta terra, e aos sacerdotes, dizendo: Quando jejuastes, e pranteastes, no quinto e no sétimo mês, durante estes setenta anos, porventura, foi mesmo para mim que jejuastes?

Zacarias 8:19 : Assim diz o SENHOR dos Exércitos: O jejum do quarto, e o jejum do quinto, e o jejum do sétimo, e o jejum do décimo mês será para a casa de Judá gozo, alegria, e festividades solenes; amai, pois, a verdade e a paz.

 

Mateus 4:2 : E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome;

Mateus 9:14 : Então, chegaram ao pé dele os discípulos de João, dizendo: Por que jejuamos nós e os fariseus muitas vezes, e os teus discípulos não jejuam?

Mateus 9:15 : E disse-lhes Jesus: Podem porventura andar tristes os filhos das bodas, enquanto o esposo está com eles? Dias, porém, virão, em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão.

Mateus 6:16 : E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.

Mateus 6:17 : Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,

Mateus 6:18 : Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

Mateus 15:32 : E Jesus, chamando os seus discípulos, disse: Tenho compaixão da multidão, porque já está comigo há três dias, e não tem o que comer; e não quero despedi-la em jejum, para que não desfaleça no caminho.

Mateus 17:21 : Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.

Marcos 2:18 : Ora, os discípulos de João e os fariseus jejuavam; e foram e disseram-lhe: Por que jejuam os discípulos de João e os dos fariseus, e não jejuam os teus discípulos?

Marcos 2:19 : E Jesus disse-lhes: Podem porventura os filhos das bodas jejuar enquanto está com eles o esposo? Enquanto têm consigo o esposo, não podem jejuar;

Marcos 2:20 : Mas dias virão em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão naqueles dias.

Marcos 8:3 : E, se os deixar ir em jejum, para suas casas, desfalecerão no caminho, porque alguns deles vieram de longe.

Marcos 9:29 : E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum.

Lucas 5:33 : Disseram-lhe, então, eles: Por que jejuam os discípulos de João muitas vezes, e fazem orações, como também os dos fariseus, mas os teus comem e bebem?

Lucas 5:34 : E ele lhes disse: Podeis vós fazer jejuar os filhos das bodas, enquanto o esposo está com eles?

Lucas 5:35 : Dias virão, porém, em que o esposo lhes será tirado, e então, naqueles dias, jejuarão.

Lucas 18:12  - "Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo." 

Atos 10:30 : E disse Cornélio: Há quatro dias estava eu em jejum até esta hora, orando em minha casa à hora nona.

Atos 13:2 : E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.

Atos 13:3 : Então, jejuando e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram.

Atos 27:9 : E, passado muito tempo, e sendo já perigosa a navegação, pois, também o jejum já tinha passado, Paulo os admoestava,

I Coríntios 7:5 : Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.

II Coríntios 11:27 : Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez.

II Pedro 2:8 - "(Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, vendo e ouvindo sobre as suas obras injustas);"  

Estarei postando aqui em breve alguns esboços de mensagens a respeito da prática do Jejum.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Manda Quem Pode

Lá no meu trabalho eu escuto de vez em quando: “manda quem pode, obedece quem tem juízo” Fico pensando se é assim mesmo que tem de ser.

Eu queria desmontar esse ditado naquilo que ele se resume, em suas ações e em suas qualidades. As ações são duas: mandar e obedecer, as qualidades também: poder e juízo. Apesar destas ações também denotarem qualidades, a do obediente e a do autoritário.

Assim podemos traçar diversas relações entre essas palavra e criaremos os mais diversos ditados para os mais diversos gostos, mas fico pensando da lógica de cada uma das possibilidades.
- Manda quem tem juízo, obedece quem pode.
- Manda quem obedece, julga quem tem poder.
- Obedece quem tem poder, julga quem é autoritário.
- Julga que obedece, apodera-se quem é autoritário.

Não sei se há outras possibilidades mas prefiro simplificar mantendo as duas ações e duas qualidades iniciais.

Começando com as duas qualidades, poder e juízo, o poder do homem, apesar de avassalador é limitado. Ele tem poder para construir muitas coisas, mas tem mais poder para destruir, a natureza, a vida e a alegria das pessoas, a sua própria, a comunhão com Deus e com o próximo. Juízo então é algo que lhe falta aos borbotões. Escolher entre o bem e o mal não tem sido das suas qualidades mais marcantes.

Já dizia um outro ditado: Tudo é força, mas só Deus é poder. Na verdade aí está o poder, o criador, o sustentador, o reparador, o salvador, Deus é esse Poder. Detentor deste lhe é atributo também o juízo, pois quem mais neste Universo sabe a real diferença entre o bem e o mal?

Deus nos tem dado uma ordem, ou melhor, um mandamento – “Um novo mandamento vos dou, que vos ameis uns aos outros assim como eu vos amei”. Com certeza assim o faz porque “julga o mundo com justiça e os povos com equidade”, Ele é Aquele que tem o poder de agir, de mandar, de julgar, e mesmo sem precisar realmente, tem ainda o poder de obedecer, pois “foi obediente até a morte e morte de Cruz”.

Mas ressuscitou e hoje vive para te dar vida, “porque Deus enviou o seu filho ao mundo, não para que julgasse o mundo mas para que o mundo fosse salvo por ele”.

Se eu pudesse reescrever este ditado eu assim o faria:
- Manda quem julga e pode, quem obedece?

Pastor Tito Mendes.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Deixe Deus Guiá-lo Pelas Mãos

Salmo 40. 1-3

Esta mensagem é para você que tem perdido a identidade, e já não clnhece mais seu real valor. É para você que não tem feito as melhores escolhas da sua vida ultimamente e é para você que acha que não tem mais solução, que nada pode mudar o rumo da sua história.
Hoje você tem alguns presentes a receber oferecidos por Deus, receba e abra.

1 - Deus te oferece o amparo de um Amigo - v. 1

O texto fala de alguém que clama e alguém que ouve, fala de pessoas que se identificam, o Salmista e Deus. No reino animal percebemos que há identidade entre as mães e suas crias, como a galinha e os pintinhos, por exemplo (Mateus 23. 37). Li em certo lugar que uma espécie de crocodilos ao romper os ovos emite um som logo identificado por sua mãe.
Será que há alguma identidade entre você e Deus, ou ela anda perdida? A Escritura nos diz que o homem foi feito à imagem e semelhança de Deus, mas o pecado tem apagado esta identidade, e o homem tem se tornado a cada dia menos semelhante ao Criador.
Deus te dá valor, Jesus disse certa vez que "mais vale uma alma que o mundo inteiro", recupere sua identidade e faça como Jonas:
"Em meu desespero clamei ao SENHOR, e Ele me respondeu. Do ventre da morte gritei por socorro, e ouviste o meu clamor" (Jonas 2. 2)
Mas Ele tem mais a te oferecer.

2 - Deus te oferece um Novo Caminho - v. 2

Talvez você ache que está no caminho certo, algumas pessoas pensam assim, mas diz em Provérbios que "há caminhos que ao homem parece perfeito mas o fim deles conduz à ruina. Você segue o caminho de seus pais, de seu povo, isso não quer dizer que você anda bem.
A cultura ou a tradição não podem dar o que você realmente necessita. Na verdade o que você tem alcançado é o resultado de suas escolhas, não é ônus de seus antepassados, o caminho que você segue na verdade são suas escolhas, se é lamaçal ou se é angustia, foi você que escolheu.
Mas há uma escolha melhor que qualquer outra, o Caminho Magnífico, Jesus!
"Eu sou o caminho, e a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14. 6).
E, por fim, Ele te oferece algo ainda melhor.

3 - Deus te oferece um Novo Coração - v. 3

Uma das coisas que as pessoas mais procuram é algo novo em suas vidas, ou mesmo, uma nova vida. Só que, geralmente, buscam isso através de mudanças superficiais. Se você der um banho em um porco e colocá-lo entre ovelhas em pouco tempo ele estará sujo novamente, e buscando o seu chiqueiro.
Para Deus só existem dois tipos de pessoas, aquelas que são chamadas de rebeldes, "Rebeldes fostes contra o SENHOR desde o dia em que vos conheci" (Deuteronômio 9. 24), e aquelas que são chamadas de menina do seu olho, "Achou-o numa terra deserta, e num ermo solitário cheio de uivos; cercou-o, instruiu-o, e guardou-o como a menina do seu olho" (Deuteronômio 32. 10 - ver também Zacarias 2. 8).
Hoje tudo pode mudar, até mesmo o seu coração. "E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne" (Ezequiel 36. 26)

Uma águia, mesmo criada entre galinhas, será sempre águia, um ser-humano, com todo o seu valor, nunca perderá esse valor diante do Senhor, Deus quer restaurar o seu hoje, agora mesmo. Clame por Jesus em seu coração e o receba como seu Salvador, receba um novo coração.

(Mensagem pregada em 25 de janeiro de 2009 na Igreja Batista de Avelar e em 01 de fevereiro na Primeira Igreja Batista em Floresta da Barra da Tijuca)